Seguidores

30/08/2008

Só por um instante...

Views
Queria poder expressar com todas as letras, palavras, vírgulas, tudo o que se passa dentro da minha cabeça. Hoje eu acordei meio literária, eu quero ser lida. Queria que todos pudessem compreender e que não se alterassem ao ouvirem palavras desconexas saírem da minha boca. Queria que soubessem que eu não ligo, simplesmente não ligo. Não tenho complicações, pudores, tabus e afins. Gosto de ouvir besteiras, confissões, não quero ter que julgar, não quero ter que mudar, não quero ter que reprimir. Livre arbítrio? Isso! Cada ser existente nesse mundo, tem o direito de escolha. É de liberdade que estou falando, de todas as maneiras, seja ela na escolha de uma cor, roupa, sexual ou profissional. Não quero ter que ouvir proibições, não quero que as proibições partam de mim. Quero por um minuto somente não ter que conviver com os prós e os contras, as comparações, o que eu deveria ser ou deixar de ser, o que é bom ou ruim, se poderia ou não, eu quero simplesmente ser e com um exagerado ponto de exclamação no final. Afinal cada um saber a dor e a delícia de ser o que é.

1 comentários:

Nã :} disse...

'cada um sabe a dor e a delicia de ser o que é'
eeeta frase mais sua!
shaiuahsoiaushaiuh
bejo poia

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails